recrutamento e seleção

Dicas para um Processo de Recrutamento e Seleção Eficaz

 

recrutamento_selecao

Atrair e reter talentos continua sendo um desafio permanente para qualquer organização, sobretudo em segmentos de mercado mais competitivos. Na prática toda organização realiza algum processo para contratar pessoas, seja de forma menos ou mais estruturada. Será que é possível melhorar o seu processo para torna-lo mais eficiente e obter melhores resultados?

Algumas práticas atuais são essenciais para maximizar os resultados de recrutamento e seleção. Vamos apresenta-las de forma bem objetiva. A primeira delas é atuar junto às redes sociais (profissionais ou não) para se beneficiar da velocidade de comunicação e compartilhamento que elas oferecem. Nesse caso o impacto de visibilidade é muito grande.

Outro ponto importante é vender muito bem a vaga. Aqui estamos propondo enfatizar suas características, comunicando-as de forma clara, criativa e atrativa junto ao público-alvo. Isso não pode ser uma mera etapa burocrática do processo.

Também é fundamental deixar claro quem é a organização que está contratando. É um erro assumir que todos conhecem a sua empresa, a sua abrangência de atuação, valores, etc. É possível que algumas pessoas se sintam identificadas com o perfil da sua organização se puderem conhecer mais sobre ela.

Mapeie candidatos e não espere que eles simplesmente apareçam espontaneamente. Uma vez que se tenha uma visão clara do perfil desejado é necessário atuar com pró-atividade e utilizar as bases de dados disponíveis, redes sociais, etc.

Outra atitude recomendada é valorizar sempre as indicações. Normalmente elas trazem candidatos mais alinhados à cultura e ao modelo de trabalho da organização, e com um perfil mais próximo ao que a organização procura.

Uma ótima estratégia é contratar pessoas para realizarem as suas contratações. Isso também pode ser visto como “profissionalizar a atividade” ao invés de deixa-las nas mãos de alguém inexperiente, que nunca o fez e na verdade aprenderá tentando. Se houver urgência para preencher uma ou muitas vagas pode ser prudente considerar esse caminho “profissional”.

Tenha certeza dos motivos de estar contratando uma pessoa. Isso se aplica para justificar uma posição e também para escolher quem deverá ocupa-la. É habitual encontrar casos em que uma pessoa é contratada simplesmente porque existe a necessidade de preencher a vaga dentro de um prazo específico, sem considerar as suas condições para conseguir realizar o trabalho efetivamente.

Para quem executa o processo de recrutamento e seleção existem muitos conceitos essenciais  a serem considerados, que começam com um entendimento claro da sua importância para a organização. Também é essencial conhecer os diferentes métodos de recrutamento e suas características, estruturar um processo de seleção que seja organizado e adequado em termos de etapas, além de executá-lo com eficiência.

O recrutador exerce um papel fundamental sendo que existem competências especificas que são determinantes para conduzir um processo de recrutamento e seleção que garanta os resultados esperados. Além das competências, é necessário ter em mãos um processo bem desenhado, que otimize o tempo dos envolvidos e indique o melhor candidato para a posição em questão.

Para apoiar as organizações e oferecer ferramentas aos profissionais diretamente envolvidos em processos de recrutamento e seleção, a Clarity Solutions desenvolveu o curso on-line Conceitos Básicos de Recrutamento e Seleção. Esse treinamento está disponível para ser adquirido por empresas e possui carga horária de 30 minutos. Se a sua organização necessita aprimorar o seu processo de recrutamento e seleção e capacitar seus colaboradores para esse tipo de atividade clique aqui e obtenha mais informações com a nossa equipe de atendimento.

Referências: 7 Formas de Recrutar Melhor

Equipe Clarity Solutions

Conheça as soluções da Clarity Solutions para a implementação do e-Learning.

Acesse: www.claritysolutions.com.br

 

5 Tópicos Quentes para o RH em 2016

O ano de 2016 promete ser desafiador para todos inclusive para o RH das organizações. Por isso é importante buscar práticas inovadoras que permitam melhores resultados.

Este artigo reúne 5 tópicos quentes que merecem atenção pelos profissionais de RH ao longo de 2016 e que devem promover novas experiências e mudanças.

1. Gamificação em ações de recrutamento

A gamificação já vem sendo aplicada em iniciativas de e-Learning e gestão de desempenho, mas em 2016 será cada vez mais comum encontrar ações de gamificação ligadas a processos de recrutamento e seleção.

Sistemas para o cadastro de candidatos e outras ferramentas para recrutamento irão incorporar jogos e funcionalidades lúdicas. Já existem exemplos sendo aplicados de forma prática, como por exemplo, um jogo de recrutamento da rede de hotéis Marriott.

2. RH Mobile

O ano de 2016 deve trazer uma consolidação das aplicações móveis para o RH, seja através do incremento de novas funcionalidades em soluções já existentes, seja por meio do surgimento de novas aplicações.

Cada vez mais o mobile será utilizado para recrutamento e seleção, para comunicação corporativa e para atividades relacionadas a gestão de pessoas. Pesquisas apontam que os Millennials desejam procurar e encontrar empregos ou trabalhos de seu interesse por meio do seus smartphones ou tablets.

Adicione a este contexto as redes sociais e tenha certeza de que este é um caminho sem volta quando pensamos na nova força de trabalho.

3. O uso do vídeo para recrutamento

Esta é outra tendência para 2016. Estudos já apontaram o poder que o vídeo apresenta quando se busca atrair e reter uma audiência específica na Internet. Entretanto, especificamente quando se trata de recrutamento e seleção, não se encontra uma frequência de aplicação deste recurso.

Isso talvez aconteça pela falsa ideia de que a produção de um vídeo ainda seja complexa, demorada e cara. A variedade de opções para gerar vídeos com rapidez e baixo custo deve viabilizar novas iniciativas para a divulgação e atração de candidatos.

4. Feedback em tempo real

As tradicionais avaliações de desempenho semestrais ou anuais tendem a se tornar cada vez menos efetivas. Isso não somente pelo fato de que as pessoas não querem mais esperar meses para receber um feedback mas porque se mostram ineficazes em relação ao seu propósito de melhorar comportamentos.

Em 2016 muitas organizações deverão começar a experimentar o feedback em tempo real, sobretudo por meio de sistemas ou aplicações que simplificarão esta atividade. Esta nova prática obviamente deverá amadurecer em cada organização, mas poderá trazer resultados significativos em termos de engajamento e desempenho das pessoas.

Elementos de gamificação também tendem a ser “acoplados” aos formulários ou sistemas de avaliação de desempenho para tornar o processo mais atrativo.

5. Gestão aprimorada para pequenas organizações

Durante muito tempo vários sistemas e aplicações voltadas para a gestão eram de uso exclusivo de médias e grandes empresas, em virtude do seu custo e complexidade de implementação e uso.

Com a vertiginosa proliferação de aplicativos e serviços de software na nuvem tornou-se viável para empresas de pequeno porte basear seus processos de gestão (incluindo os de RH) em plataformas on-line. Em muitos casos, paga-se pelo uso efetivo o que é uma grande vantagem.

São diversas as oportunidades, desde o treinamento a distância (aplicado há mais tempo), passando por ferramentas intuitivas para a avaliação de desempenho, recrutamento e seleção, engajamento de colaboradores, dentre outras.

Com isso, muitos projetos pequenos que antes não se justificavam, poderão se tornar viáveis financeiramente já em 2016.

Referências: http://blog.capterra.com/top-5-hr-trends-for-2016/

Equipe Clarity Solutions

Conheça as soluções para e-Learning e Educação Corporativa da Clarity Solutions