10 Passos para Criar uma Cultura de Aprendizagem na sua Organização

 

Uma cultura de aprendizagem consiste em um ambiente que promove e recompensa a aprendizagem, incentiva as pessoas a compartilharem o que sabem, e as ajuda a evoluir com base na aquisição de novos conhecimentos e habilidades. Nós sempre gostamos de pensar que trabalhamos em uma cultura de aprendizagem positiva, mas nem sempre este é o caso.

Não há dúvida de que uma iniciativa para promover a aprendizagem poderá falhar ser não for planejada e bem desenhada. Ao mesmo tempo é certo que ela falhará de qualquer maneira se a cultura da organização não apoiá-la.  Esta é uma disputa injusta, pois uma cultura ruim sempre vencerá uma boa iniciativa de aprendizagem.

Entretanto, as coisas não precisam ser deste jeito. Seguem 10 passos para criar uma cultura de aprendizagem positiva na sua organização.

  1. Comece com a liderança. Tenha em mente que a cultura começa no topo. Se a liderança sênior não apoiar de verdade uma cultura de aprendizagem, ninguém mais o fará. Se você está em busca de apoio, busque líderes que aceitarão investir e patrocinar a sua iniciativa, mesmo que o projeto ainda seja pequeno ou menos visível do que você gostaria. Você precisará de algumas primeiras histórias de sucesso para ajudá-lo a espalhar e fortalecer a sua mensagem. 
  1. Expanda a missão. Você não chegará a lugar algum se simplesmente tratar a aprendizagem como treinamento. A aprendizagem – tanto em termos individuais como organizacionais – é muito mais ampla do que oferecer cursos. Evite o erro de falar sobre aprendizagem e somente realizar treinamentos. Pense mais em um ecossistema de aprendizagem e desempenho do que somente um catálogo de cursos. 
  1. Ganhe o apoio da linha de frente. Se você quer que os seus colaboradores aprendam, tenha certeza de que os seus supervisores o façam antes. Você não pode contar com o apoio dos supervisores se eles não conhecerem e compreenderem a iniciativa. Pense em uma estratégia para transformar os supervisores e líderes de equipe em apoiadores da iniciativa, reconhecendo e recompensando aqueles que colocam a aprendizagem no topo das suas prioridades. 
  1. Obtenha e disponibilize o conteúdo certo. Entregar uma montanha de conteúdos não irá encorajar as pessoas se eles forem confusos, superficiais, incompletos, de difícil acesso ou simplesmente gerarem pouco valor para o seu público. A curadoria de conteúdos pode ser a coisa mais importante que você deve aplicar. 
  1. Utilize a tecnologia certa. Aqui não se trata somente de garantir que a tecnologia funcione, mas ter certeza de que é a tecnologia certa para o uso que se almeja. Tenha cuidado para que a tecnologia não se transforme em um obstáculo no caminho para a aprendizagem, ou que você cometa o erro de adotar mais tecnologias do que você realmente precisa. A tecnologia é importante, sobretudo se você busca atender grandes volumes (escala), mas a tecnologia sem a efetiva aprendizagem não representará nada. 
  1. Garanta que as pessoas estejam preparadas para aprender. Um dos principais fatores para promover uma cultura de aprendizagem pobre é oferece-la para pessoas que não estejam prontas ou que simplesmente não precisam dela. Isso pode ser terrivelmente desmotivador. Tenha certeza de que as pessoas tenham os pré-requisitos, que existam objetivos claros para aprender, tempo e recursos adequados, e que não estarão perdendo o seu tempo. Ofereça oportunidades reais de aprendizagem e tenha certeza de que você entende os motivos de alguma eventual resistência à sua iniciativa. 
  1. Faça uma comunicação pensando no longo prazo. Lançar novos programas de aprendizagem às vezes pode parecer mais como publicidade do que conteúdo efetivo. É claro que você precisa promover os seus esforços, mas tenha certeza de que a sua estratégia de comunicação é de longo prazo e tenha uma percepção de valor pelas pessoas, desenvolvendo uma relação positiva de afinidade entre elas e as oportunidades de aprendizagem. Dessa maneira as pessoas se transformarão em promotores da iniciativa. 
  1. Garanta que a aprendizagem seja aplicada. Um fator crítico é garantir que as pessoas tenham a oportunidade e realmente apliquem no seu trabalho aquilo que aprenderam. Além disso, verifique se as pessoas reconhecem que a aprendizagem foi importante para desempenharem o seu trabalho de forma mais eficiente ou ágil. Esta conexão entre a aprendizagem e o desempenho no trabalho é um fator chave para construir uma cultura de aprendizagem sustentável. 
  1. Compartilhe e demonstre o sucesso. É melhor ter um pequeno sucesso do que um grande fracasso. Mesmo que ainda estejamos falando de provas de conceito ou pilotos, é importante demonstrar o sucesso e lições aprendidas. Lembre-se de que a cultura se inicia no topo da organização e estas pessoas esperam ver sucesso na iniciativa. Mostrar o sucesso é muito mais poderoso do que somente falar sobre isso. 
  1. Meça os resultados e forneça feedback. Você quer medir o quanto as pessoas aprenderam, mas talvez seja mais importante, sob a perspectiva de uma cultura de aprendizagem, medir o valor proporcionado pela aprendizagem. E é claro que nada soará mais alto na organização do que o impacto que a aprendizagem proporciona no desempenho individual e coletivo. Então vá além da simples medição dos resultados do curso e tente detectar o impacto real sobre o desempenho das pessoas.

Utilize esses 10 passos como um checklist para a sua organização se assim preferir. Quais deles você já aplica normalmente?

A aprendizagem fracassa quando ninguém realmente se preocupa com ela. Você sempre poderá promover cursos, investir na sua comunicação interna, mas isso não garantirá uma mudança na cultura. Se você realmente quer que sua estratégia de aprendizagem e desempenho tenha um impacto positivo e sustentável – se você realmente quer que as pessoas queiram aprender e que a organização queira investir em aprendizagem – você precisa criar uma atmosfera de valor, suporte e apreciação por aquilo que você está oferecendo. Sem isso, as pessoas estarão somente agindo reativamente à iniciativa.

Fonte: Marc My Words: Ten Steps to Building a Learning Culture – Learning Solutions Magazine

Equipe Clarity Solutions

Conheça as soluções para Educação Corporativa da Clarity Solutions

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s