Tendência #10: O LMS como conhecemos se tornará obsoleto

banner_docebo_ptBR_728x90

 

10_banner_blog

 

Completamos hoje a nossa série com 10 artigos sobre as tendências para o mercado de treinamento até 2020. Antecipadamente gostaríamos de agradecer a todos que acessaram, compartilharam e comentaram as informações que publicamos. Se você não teve a chance de ler todos os outros 9 artigos clique aqui para encontrá-los.

Vamos encerrar esta série com mais um tema que pode gerar polêmica e muita discussão. Vamos tratar da perspectiva de que o tradicional LMS se transforme em algo obsoleto ou sem grande utilidade nos próximos anos.

Na última década o LMS (Learning Management System) ou AVA (Ambiente Virtual de Aprendizagem) se tornou uma solução quase que obrigatória para as organizações. Existem milhares de soluções deste tipo em todo o mundo e certamente mais de uma centena delas só no Brasil.

Entretanto, o que se vê na prática é que um baixo percentual das organizações realmente consegue transformar o seu LMS em uma verdadeira ferramenta de gestão. Isso acontece em uma parte por causa das fragilidades e do nível de estagnação da maioria dos sistemas.

O que já se vê em muitos projetos é que as plataformas atualmente utilizadas não estão conseguindo evoluir no ritmo necessário para suportar as mais novas tendências e novos formatos aplicados para ensinar e aprender.

O crescimento da adoção de estratégias baseadas no aprendizado informal e no aprendizado colaborativo por meio de redes tem transformado o LMS tradicional em um obstáculo ou problema pela sua falta de capacidade para viabilizar tais estratégias e sobretudo permitir monitorar o que os participantes efetivamente fazem ou aprendem no âmbito informal.

O modelo antigo baseado no SCORM ainda direciona o funcionamento de muitas plataformas, “engessando” o processo para a geração e o compartilhamento do conhecimento e impossibilitando um aprendizado informal de verdade.

Quando pensamos em termos de conteúdos ou meios para a sua entrega, também podemos detectar as limitações de algumas plataformas LMS. Conteúdos de aprendizado em vídeo já são uma realidade e certamente a sua aplicação crescerá ainda mais nos próximos anos. As plataformas mais modernas devem estar preparadas para suportar esse formato de forma simples, ágil e a baixos custos. Já é possível encontrar plataformas LMS na nuvem (Cloud) que oferecem nativamente o streaming de vídeo sem nenhum tipo de cobrança adicional para o cliente com elevada performance e sem maiores dificuldades técnicas.

Outra tendência é o Mobile Learning ou aprendizado através de dispositivos móveis. Muitos fornecedores têm tentado adaptar ou até mesmo reinventar suas plataformas para permitir que seja possível utilizá-las através de um tablet ou smartphone garantindo o mesmo nível de experiência que já se obtém pelo computador. Plataformas mais antigas, desenvolvidas antes do advento do tablet e dos smartphones, demonstram naturalmente maiores limitações nesse quesito. Esse é um outro fator limitador para expandir as ações de aprendizado dado o contexto atual e dos próximos anos.

Alguns especialistas também acreditam que outras ferramentas já existentes e em evolução constante poderão extinguir o LMS em um futuro não muito distante. Basta analisar o que aconteceu nos últimos com as soluções de sala virtual e web conference. Atualmente muitas delas são gratuitas ou oferecidas a preços muito baixos.

Além disso, precisamos lembrar que as pessoas hoje procuram  simplicidade, sejam elas usuárias ou administradoras de plataformas. O nosso tempo é cada vez mais valioso e por isso plataformas complicadas, pouco amigáveis e de difícil implementação tendem a perder espaço rapidamente.

Se olharmos para a estratégia do Google e para a quantidade de ferramentas que compõem a sua arquitetura de soluções, não é muito difícil pensar que em alguns anos seja possível realizar boa parte do que fazemos hoje no LMS através de soluções gratuitas com elevado nível de integração e totalmente adaptadas às necessidades dos usuários. Isso seria capaz de tornar o LMS uma ferramenta totalmente obsoleta?

Nos EUA já é perceptível uma aproximação de universidades e corporações ao Google com interesse em testar e adotar suas soluções tecnológicas com o objetivo de suportar suas iniciativas de aprendizado digital.

E você? Acredita na possibilidade do LMS se transformar em algo obsoleto nos próximos anos? Boa leitura!

Equipe Clarity Solutions

Conheça as soluções para Educação Corporativa da Clarity Solutions.

Acesse: www.claritysolutions.com.br

banner_docebo_ptBR_728x90

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s