10 Tendências para o Mercado de Treinamento até 2020

01_banner_blog

 

Começamos hoje neste blog uma série de artigos sobre 10 macrotendências para o mercado de treinamento até 2020. A cada 15 dias abordaremos uma tendência e nosso principal objetivo é promover a reflexão e a discussão. Antes de começarmos vale a pena lembrar que, quando denominamos algo como tendência, devemos associar algum grau de incerteza ao assunto por isso a importância da discussão.

Vamos então começar tratando da macrotendência abordada nesta semana:

 

#1: O Crescimento do Rapid Learning

O Rapid Learning é uma metodologia que surgiu durante a última década para a produção rápida de cursos em e-Learning. Tipicamente o próprio autor de um conteúdo em PowerPoint pode, através de um software específico, adicionar sua própria narração sincronizada às animações dos slides, adicionar testes ou até mesmo outros elementos colaborativos entre os slides.

O sucesso e a popularização do Rapid Learning aconteceram, sobretudo por uma razão econômica, uma vez que o investimento de tempo e recursos para produzir um curso neste modelo se mostrou bem inferior aos investimentos normalmente realizados para produzir os tradicionais cursos em e-Learning. Adicione a tudo isso a simplicidade de produção e temos uma alternativa realmente muito interessante para compilar e propagar o conhecimento.

É perceptível tanto no Brasil como em outros mercados que as organizações tem aumentado os seus investimentos em Rapid Learning, simplesmente porque notaram que nesta modalidade é possível produzir mais cursos por menos dinheiro.

Com a evolução dos softwares de autoria para o Rapid Learning atualmente é possível produzir cursos tão atrativos quanto os tradicionais cursos e-Learning sob medida ou tailored-made. Entretanto, existe a necessidade de aplicação de conhecimentos específicos em design instrucional e nos softwares de autoria para realmente produzir cursos tão eficazes e atrativos.

Outra vantagem das ferramentas de Rapid Learning é que estas já oferecem opções para a exportação dos treinamentos produzidos em formato mobile, sem a necessidade de programação específica.

Atualmente percebe-se duas estratégias distintas nas organizações. Parte delas prefere adquirir as ferramentas e produzir internamente os treinamentos com os seus próprios colaboradores atuando como autores. Esse é o modelo seguido por organizações que possuem equipe disponível ou preferem manter o processo de produção dos cursos “dentro de casa”. Essa é uma estratégia que pode funcionar bem desde que a equipe realmente tenha o tempo disponível para produzir conteúdos interessantes e que esses autores possuam conhecimentos em design instrucional e na ferramenta de autoria adotada. Caso contrário os cursos produzidos ficarão muito parecidos com o próprio PowerPoint original usado em sala de aula o que pode reduzir os resultados de aprendizado.

Um segundo tipo de estratégia tem sido percebido em organizações que preferem contar com o apoio consultivo de especialistas no assunto. Normalmente essa decisão acaba sendo tomada em função da falta de equipe própria com preparo técnico e foco suficiente para gerar cursos realmente eficazes. Essas organizações têm optado pela terceirização deste tipo de trabalho o que pode na prática significar ganho de qualidade, rapidez na produção e economia. Nesse caso é fundamental trabalhar com parceiros que realmente possam agregar valor ao processo, garantindo a produção de cursos mais atrativos e eficazes do que se fossem produzidos pela equipe interna.

Previsões de especialistas apontam para uma maior popularização do Rapid Learning nos próximos anos, com a convergência em termos de formatos de conteúdos e a simplificação para os autores. A expectativa é que com isso a capacidade para geração e compartilhamento do conhecimento aumente.

E você, acredita nesta tendência? Compartilhe suas ideias e opiniões a respeito através de comentários para este artigo.

Na próxima semana nós traremos o segundo artigo sobre as 10 macrotendências para o mercado de treinamento até 2020. O tema será “O aprendizado informal vai suplantar o formal”. Boa leitura!

Equipe Clarity Solutions

Conheça as soluções para e-Learning da Clarity Solutions. Acesse: www.claritysolutions.com.br

Anúncios

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s