Comparativo entre as principais ferramentas de autoria para e-Learning

A escolha por uma ferramenta de autoria normalmente ocorre tendo como base critérios como o tipo de desenho instrucional que se espera implementar para os treinamentos, orçamento disponível, abrangência de funcionalidades ofertadas, simplicidade de uso, dentre outros fatores.

Esse artigo aborda dados de uma pesquisa realizada pelo portal norte-americano eLearning Guild sobre as ferramentas de autoria top disponíveis no mercado. A pesquisa é o resultado da contribuição de usuários das ferramentas ao redor do mundo, o que permitiu elencar as 7 ferramentas mais utilizadas em todo o mundo:

  1. Adobe Captivate
  2. Articulate Presenter
  3. Articulate Engage
  4. Adobe Connect
  5. TechSmith Camtasia
  6. Adobe Presenter
  7. Harbinger Raptivity

As categorias adotadas para avaliar as ferramentas nesta pesquisa foram:

  • Melhor aplicação: a possibilidade de utilizar a ferramenta com maior eficiência para gerar um determinado tipo de aplicação, por exemplo: simulações de sistemas.
  • Interface: o uso da ferramenta é on-line ou a partir do PowerPoint?
  • Inserções: que tipos de mídias e objetos é possível inserir nos conteúdos através da ferramenta?
  • Sistemas operacionais: em quais sistemas a ferramenta pode ser executada (Windows, Mac ou on-line através de um browser)?
  • Opções de publicação: quais os formatos de publicação disponíveis?
  • Investimento: quais os custos para adquirir a ferramenta e mantê-la atualizada?

Veja abaixo uma tabela comparativa sumarizada (o relatório completo pode ser baixado no portal eLearning Guild).

Resumo Comparativo de Funcionalidades e Características

Tabela Comparativa Ferramentas de Autoria

Tabela Comparativa Ferramentas de Autoria

Melhor Aplicação:

O Adobe Captivate apresenta o melhor desempenho em termos de riqueza de funcionalidades. Obviamente, quanto mais funcionalidades maior a necessidade de aprender, o que pode significar uma maior curva de aprendizado para novos usuários. De qualquer maneira, um novo usuário pode começar a usar a ferramenta efetivamente após alguns dias de treinamento.

Todas as outras ferramentas são mais fáceis de usar, mas oferecem menos recursos. Dependendo das características de desenho instrucional de cada demanda as ferramentas mais simples podem ser suficientes se usadas isoladamente ou não. Eventualmente pode ser necessário combinar o uso de uma ou mais ferramentas.

Interface:

Muitos produtos, incluindo os 7 listados acima, são integrados de alguma maneira ao PowerPoint, o que facilita bastante a utilização por usuários novatos. Quanto mais integrada ao PowerPoint mais restritiva pode ser a ferramenta em termos de flexibilidade de uso. Mesmo assim, com a adoção de um design adequado é possível criar ótimas aplicações de aprendizado mesmo com ferramentas menos flexíveis. O mesmo podemos dizer sobre o uso dos assistentes ou templates. A vantagem é a rapidez e a facilidade para criar e a desvantagem as possíveis limitações relacionadas.

Inserções:

É importante conhecer quais opções de mídia podem ser inseridas e utilizadas na ferramenta de autoria que será adotada. A maioria das ferramentas listadas acima é capaz de suportar razoavelmente o uso de elementos em formatos diversos. Entretanto, é interessante atentar que algumas ferramentas podem apresentar algumas restrições para alguns formatos.

Sistemas Operacionais:

Todas as ferramentas apontadas nesta pesquisa rodam normalmente a partir do Windows, exceto o Adobe Connect que é on-line. O Adobe Captivate também roda nativamente no universo Macintosh. Alguns elementos do Articulate Presenter, Articulate Engage e o TechSmith Camtasia também rodam em Macintosh.

Opções de Publicação:

Uma importante questão que deve ser respondida é em qual formato o conteúdo deverá ser publicado e visualizado. É interessante considerar, por exemplo, se o conteúdo deverá rodar em dispositivos móveis, em quais sistemas operacionais, etc.

Investimento:

É interessante pensar que ferramentas gratuitas ou mais acessíveis financeiramente podem trazer uma contrapartida de esforço de trabalho adicional ou complexidade que acaba reduzindo a vantagem gerada pelo menor investimento inicial. Por outro lado, dependendo das necessidades de criação e produção, uma ferramenta de autoria mais econômica pode atender plenamente. É necessário levar em conta também os investimentos futuros em possíveis atualizações de versões.

Conclusões:

Ao avaliar as diversas opções de ferramentas de autoria é provável escolher 2 ou 3 como as melhores para suportar as suas demandas de desenvolvimento. Normalmente uma delas será a ferramenta principal e as demais serão usadas para solucionar necessidades mais específicas.

Anúncios

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s